7,1. Para repensar: os “luxos-necessários” dessa vida de classe média.

Tenho pensado muito em outras formas de viver a vida que saiam do “sistema padrão classe média” em que fui criada. Fico conversando com minha madrinha e vendo o quanto nossas vidas são caras pois temos muitos luxos-necessários. Como ter carro, como comer em um self-service de 80 reais o quilo pois não tem outro na região, o estacionamento do shopping, o shopping, a distância da casa ao trabalho.

Continuar lendo