Bicicleta de equilíbrio: parece modinha mas é bacana mesmo.

Nico tem uma dessas bicicletas de equilíbrio (sem pedal, sabe?) que é o maior sucesso aqui em casa: a criatura acorda pedindo “bibi” e apontando para a porta, quer andar o dia todo e quando dorme sonha “bibi, bibi, bibi”.  Você já deve ter visto uma dessas: no mundo cult-bacaninha da zona oeste de São Paulo, é sensação e metade das crianças tem uma. E vai me perguntar: então é só modinha, status e elitização da infância?

Continuar lendo

Como trocar uma fralda com respeito, sem perder a cabeça.

Nunca gostei de forçar meu filho a nada (pode tirar o seu papinho que ele vai ficar mimado etc e tal daqui, eu não disse que eu deixo ele fazer tudo que ele quer, disse que não gosto de forçá-lo). Afinal, ele é uma pessoa. Tanto quanto eu. Eu não acharia bacana se alguém pegasse no meu braço com força e sem falar nada me puxasse pro lado. Quem gostaria, né?

Continuar lendo