5,6. Um bicho de sete cabeças chamado Amamentação.

Era pra ser uma coisa simples. Afinal, alguém lembra que é pra isso que servem os seios, não? Não servem pra usar sutiã, ou pra ficarem lindos em um vestido decotado – objetos de desejo.

Nada contra esses usos a posteriore dados pela sociedade. O único problema é que esquecemos do que era original e muito importante. Deixamos de lado o essencial e complicamos as coisas com mamadeiras, fórmulas em pó, latas, água quente e um esterelizador.

Continuar lendo

Anúncios

8,3. Um espaço para pais, mães e filhos? o “coworking familiar”.

Nascem os filhos e nasce em mais de 85% das mulheres uma grande questão: a volta ao trabalho (normalmente, 4 ou 6 meses depois). Há uma pesquisa (que eu não sei a referência) que diz que hoje no Brasil, 50% das mulheres não retornam ao mercado de trabalho depois do fim da licença maternidade. Por que?

Porque sai caro, porque é difícil, porque rola um enorme preconceito com a maternidade, porque cria-se uma situação em que a mãe é obrigada a escolher entre o emprego e o seu filho… Ou seja, conciliar filhos e vida profissional é um grande de um dilema!

Continuar lendo