O mantra da alimentação.

Ninguém gosta de ter comida enfiada goela a baixo. Duvido que você goste. Duvido que tenha boas lembranças disso na infância. 

Acho que quando a gente vira mãe e pai, acaba esquecendo do óbvio, do que já vivemos e perdemos o bom senso. Ficamos cegos numa preocupação de sermos bons e manter nossos filhos saudáveis.

Vou te contar uma coisa que você já sabe:
Seu filho não vai morrer se não jantar hoje. Se não comer ervilhas. Se odiar cenouras cozidas. Não vai ficar doente se só quiser comer macarrão com carne moída. Ou bananas.

Repetir esse mantra vai te fazer não surtar. Mais tranquila você vai conseguir pensar em formas mais bacanas do seu filho comer outras coisas além de macarrão. Vai lembrar que crianças aprendem por imitação, que querem comer aquilo que vê no prato do pai e da mãe, que nunca vão pedir maçãs de sobremesa se você só come sorvete. Quando parar de arrancar os cabelos vai ter tempo de pensar em receitas criativas, em jeitos de cozinhar juntos e despertar a curiosidade dos pequenos.

E talvez perceba que seu filho pode muito bem não curtir cenoura, mas que adora abobrinha. Que não existe isso de comer de tudo, nem odiar tudo.

Viva a diversidade alimentar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s